0000 0000 0006 0000





0006 0000 0000 0000




0080 0000 0000 0002

4.2.14

DIVULGADO O TRAILER FINAL DE DIVERGENTE!

Nenhum comentário:

Saiu hoje o novo e último trailer de divergente. E tá demais!
Já dá pra ter uma ideia do que esperar do filme.
Confiram o trailer!
video

O filme que é adaptação do primeiro livro da trilogia de Veronica Roth, é um dos mais esperados do ano, e tem estreia no dia 21 de março no Brasil.
O que acharam do trailer? Ansiosos?



28.1.14

NOVA PARCERIA - OTAKU LIFE

Nenhum comentário:
Olá gente,
Nós do Clube do Livro fechamos uma nova parceria com o grupo de eventos "Otaku Life"

Otaku Life Produções eEventos é um projeto elaborado para movimentar a cultura oriental na cidade de Águas Lindas de Goiás e demais cidades, no Brasil e no mundo. O projeto
conta com duas edições feitas em Águas Lindas, e pôde oferecer aos fãs otakus um pouco do que é um evento, e abraçou a causa de oferecer com qualidade as variedades dessa cultura.
Movimentar a cultura é poder fornecer a maior e melhor estrutura possível para as pessoas,
através de salas de jogos, feiras temáticas, shows, comidas típicas, e muito mais. O objetivo
do nosso evento não é apenas ocupar um lugar a mais na cidade, mas propagar para toda a comunidade o verdadeiro sentido de conhecer e apreciar essa cultura que tanto tem à oferecer.
 O evento Otaku Life nada mais é que um encontro de pessoas (independente da idade), para desfrutar um pouco da cultura oriental, através de músicas, danças, jogos, campeonatos, comidas típicas e muito mais. O nosso diferencial está na seriedade de como tratamos o evento, e de como nos empenhamos para oferecer a melhor qualidade possível desse meio.

Otaku é um termo usado para designar um fã de qualquer coisa em grande excesso. Apesar do termo Otaku ter sido generalizado e se tornado sinônimo de fãs de anime e mangá, o termo abrange muito mais que isso, se você é muito fã de games, filmes, carros ou qualquer outra coisa, você está inserido no universo Otaku.
Ser Otaku e conviver com essa cultura vai muito além de gostar de animes, mangás ou da cultura oriental. Em um universo onde tantas coisas nos separam, como o estilo musical, religião, etnia etc. um novo universo foi criado  onde até as nossas diferenças nos unem, pois não importa quantos anos você tem, de onde você é ou do que você gosta, tudo que importa é a troca de conhecimentos e cultura. Ser Otaku é um estilo de vida e o nosso estilo de vida é o que nos une.

Para os fãs da cultura oriental tudo é marcante em um evento de anime. O evento começa com alguma apresentação que marque aquele acontecimento mesmo que de uma maneira simbólica, o matsuri dance (dança do festival) é um exemplo. E o evento segue com uma programação que inclui concursos de cosplay, apresentações de bandas, salas de jogos para os amantes de games, espaço com variados pratos da culinária oriental e por ultimo um dos pontos mais fortes desses eventos são as feiras temáticas , que levam os fãs e colecionadores ao delírio com várias camisetas, jogos, miniaturas de seus desenhos favoritos, CDs e as mais diversas revistas e mangás.
De um modo geral um evento de anime é um ponto de encontro, um evento que tem como objetivo reunir pessoas dos mais diferentes grupos com uma única coisa em comum; o gosto pela cultura oriental direcionada aos desenhos, jogos e música.
E por fim aqueles que participam percebem que a troca de cultura, conhecimento, conhecer novas pessoas com uma paixão em comum, é mais importante que qualquer outra coisa que eles possam adquirir no evento.

Como funcionam os eventos da Otaku Life: 
A cada semestre, é escolhido um local definido pelos organizadores, para acontecer o projeto. Durante os meses que o antecedem, a equipe trabalha na divulgação, na venda de ingressos e na distribuição de banners, seja física ou virtualmente. Feito a divulgação, os organizadores trabalham para fazer acontecer. É importante dizer que, o evento pode sim acontecer em outras cidades, que não seja Águas Lindas de Goiás. Vai depender muito do público e do momento.


Conhecendo o Evento:
Para quem não conhece esse mundo Otaku, é importante saber como o evento funciona. O encontro é organizado durante meses, e apresenta ao público atrações como:
Shows -  Várias bandas durante o evento todo, tocando e divulgando essa cultura por meio da música. Montamos um palco central para o evento,onde as pessoas podem ficar ao redor curtindo as canções. É importante ressaltar que as bandas não são fixas, podendo toda edição ser uma nova banda.

Feiras Temáticas:
Um espaço totalmente dedicado à venda de materiais de divulgação do evento, e das animações em geral. Seja na venda de camisetas de animes, jogos, games, bandas, à bonecos e itens de colecionador. Essa área é simplesmente uma das mais atrativas ao cliente, que por sua vez, gosta muito de comprar alguma recordação de seus desenhos e jogos favoritos.

Salas Temáticas:
Um local também dedicado aos fãs dessa cultura. As salas temáticas são dividas entre Salas de Jogos, Sala de Dança, Sala de Vídeo
A sala de jogos: Espaço onde acontecem os campeonatos de games, muito bem elaborado e organizado pela equipe. Lá, você poderá testar seus conhecimentos e habilidades de um player, e provar aos demais que você é o melhor. Tudo isso com direito à premiação no final. Os jogos são diferenciados, mas os temas dos mesmos são respectivamente: Luta e Futebol e agora com um novo projeto de campeonato de jogos online, temos também locais onde uma equipe divulga os estilos musicais de dança dessa cultura, como o K-Pop e o J-Pop, ou J-Rock. Nessa sala, também é disponível para o pessoal o Karaokê, com músicas de animes e tudo mais. É um excelente lugar para se divertir.
A sala de vídeo: Espaço onde os fãs podem curtir um pouco de seus animes e histórias preferidas, através de vídeos e clipes. Um bom local para curtir e relembrar os episódios das séries favoritas.
Culinária Otaku - Espaço dedicado para a venda das especiarias orientais, como o Yakisoba, Sushi e etc. Um excelente local para que as pessoas possam se deliciar com as comidas típicas, principalmente relembrando os alimentos que os personagens dos animes adoram comer.


A equipe Otaku Life é um grupo de jovens sonhadores que amam trabalhar em prol da divulgação da cultura oriental na nossa cidade, e se possível em todo o nosso país. Unidos, formam uma equipe que trabalha direito, com competência e qualidade em todos os setores. O principal objetivo é continuar divulgando essa cultura, por meio dos encontros e eventos, e assim um dia, crescer e tornar referência para os jovens amantes da Otaku Life.
A equipe de jornalismo tem um papel fundamental, sendo uma equipe nova porém especializada ela tem como objetivo cobrir todos os acontecimentos em primeira mão e deixar os leitores antenados, pois o site do Otaku Life proporciona uma estrutura  de noticias para que os leitores além de participar do evento, possam estar sempre por dentro de tudo que acontece no mundo oriental, nos animes, mangás, games e música.
A equipe de jornalismo também cobre eventos de outros lugares assim mesmo que o leitor não tenha comparecido ele poderá saber como o evento aconteceu.
Apesar de jovens, são unidos pelo desejo de tornar a cultura oriental e o universo Otaku mais conhecido em sua cidade e nos lugares por onde passam . Sãos movidos por um ideal,  com  dedicação e amor ao que fazem todos poderão sempre contar com a qualidade e empenho para poder oferecer da melhor forma possível um evento de excelência, onde todos sejam contagiados pela mesma energia e animação que os movem.

Por fim esperamos a todos nas próximas edições, pois apesar de toda e qualquer explicação que possamos dar sobre o que é o evento, nada se compara ao dia que se realiza o encontro.

O próximo evento será dia 15 de junho, o local ainda não foi confirmado, mas será em Brasília, podem acompanhar por aqui: https://www.facebook.com/events/554795151282314/

O Clube do Livro estará lá com um estande de vendas. Não percam!

20.1.14

Maze Runner: Arquivos - Novo Livro de James Dashner

Nenhum comentário:

Hey Clareanos,

Saiu hoje a imagem da capa do novo livro de James Dashner, relacionado a série Maze Runner.
Em junho do ano passado, James surpreendeu a todos os fãs com a noticia de um novo livro, com informações da saga e sobre o CRUEL. Arquivos muito importantes para entendermos os procedimentos da organização e sabermos se realmente, o CRUEL é bom.
A seguir, o que James falou sobre o livro:
Vão ser o melhor 2 dólares que você já gastou. Eu escrevi cada palavra, trabalhei sobre cada palavra, ao longo dos últimos 4 anos. Apenas alguns já leram ele. Tão grato que finalmente vai estar disponível! Não é uma história nova, por isso não fique muito animado. Mas alguns vislumbres realmente intrigantes sobre o que aconteceu antes de Maze Runner. 50 páginas. Alguns foram lançados como "material bônus", mas a grande maioria de vocês nunca viu nada disso. 13 de agosto. #mazerunnerfiles



O e-book já está disponível desde agosto do ano passado pelo Google Play e pelo Amazon Brasil , pelo valor de aproximadamente R$4,60 (2 dolares, como ele informou).

Segue a sinopse do livro:

Neste volume você terá acesso a documentos altamente confidenciais: e-mails entre os funcionários do CRUEL, memorandos que deveriam ter sido destruídos logo após serem lidos e uma seleção das lembranças de alguns Clareanos.
Todos esses arquivos compõe mais uma obra escrita por James Dashner e ilustrada por Marcelo Orsi Blanco, que oferece um olhar único para o universo de Maze Runner e uma leitura obrigatória para fãs da saga. Logo que tiver acesso a estas informações, você saberá claramente se o CRUEL é bom ou não...

Abaixo também uma descrição do volume e uma amostra, ambos disponibilizados pelo Google Play:
Os Arquivos de Maze Runner é uma coleção de +50 páginas de registros classificados e informações ocultas do mundo do New York Times best-seller da série Maze Runner. E-mails perdidos entre funcionários do WICKED, memorandos feito para ser destruídos após a leitura, e uma seleção de memórias suprimidas dos Gladers compõem este breve e-book. Estes documentos oferecem uma visão única do mundo de The Maze Runner e são uma obrigação para qualquer fã de The Maze Runner.




Está previsto o lançamento para este ano (2014) no Brasil.
E aí clareanos, ansiosos?


Fonte: Google Play e Maze Runner Brasil

12.11.13

Resenha - Até o Dia em que o Cão Morreu

Nenhum comentário:
         ‘Até o Dia em que o Cão Morreu’ conta a história de um homem de 25 que vive em Porto Alegre. Já foi professor de inglês e tradutor de russo, mas hoje em dia é desempregado. É a história de um cara despreocupado com o futuro, sem planos para a vida, totalmente desinteressado com o mundo a sua volta.
         Seu dia-a-dia se resume a ir ao boteco e se embebedar até mal conseguir voltar pra casa, dormir até tarde e perambular pela cidade o dia inteiro sem proposito. Vive com a ajuda dos pais e se contenta com a vida que leva e não faz o mínimo esforço para muda-la. Não possui amigos, vive em uma bolha de solidão.
         Até que de súbito, dois seres entram em sua vida. Uma mulher e um cachorro. A mulher, Marcela, é uma jovem modelo, com grandes expectativas de vida e sonhos para o futuro, e se vê atraída pelo jeito largado e despreocupado do nosso personagem principal (que a propósito, não tem nome mencionado). Já Churras, um vira-lata que vive nas ruas, entra na vida do homem de jeito impassível, o que faz que os dois criem uma amizade profunda, que é encoberta com desapego e desinteresse mutuo.
         A partir daí, o personagem principal, começa a valorizar aqueles que estão a sua volta e a ver a vida de um modo bem diferente e viver situações bem hilárias e extraordinárias na companhia de seus novos amigos.
         O autor, Daniel Galera, usa de uma escrita muito simples e sutil, e o enredo por si só se caracteriza como romance adulto. A leitura flui muito fácil e rapidamente. Com um desfecho bem previsível (afinal é o nome do livro), o autor consegue fazer o leitor vivenciar a vida do personagem e se emocionar.

         Com situações de extremo humor, linguagem e cenas de sexo explícito, ‘Até o Dia em que o Cão Morreu’ mostra o quanto a literatura brasileira evoluiu, mas sem deixar para trás as características dos nossos grandes clássicos.

Autor: Daniel Galera
Editora: Companhia de Letras

Por: Luis Henrique 

9.11.13

Devoradores de livros

Nenhum comentário:
Devoradores de livros
Pode ser um hobby ou uma necessidade que muitas vezes gera um vício



Por Dayanne Teixeira

            Pesquisas indicam que brasileiros leem pouco, apesar de o país ser o nono maior mercado editorial do mundo e de editoras estrangeiras investirem cada vez mais na publicação, segundo a Câmara Brasileira do Livro. De acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada em março de 2012 pelo Instituto Pró-Livro, a média de leitura é de pouco mais de quatro obras por ano, tirando as obrigatórias escolares. São 88,2 milhões de pessoas que leem no país, cerca de 50% da população. E há quem bata essa média anual em apenas um mês, como participantes de clubes e concurseiros. Mas, se a prática constante pode trazer uma série de benefícios, como a desenvoltura na fala, ela também pode causar vícios e transtornos.

            Com mais ou menos 300 livros na estante e uma média de leitura de seis obras por mês, Márcia Thiara, 23, se considera uma leitora compulsiva. Ela relata que o vício começou com a saga Harry Potter. Durante o ensino médio era voluntária na biblioteca da escola. "Já matei aula para ficar lá ou terminar um livro. Sempre indiquei obras para os outros alunos", comenta. Hoje, participa ativamente do Clube do Livro do DF. "Grupos assim fortificam a relação pessoa-estudante. Lá encontramos pessoas como nós, que realmente gostam de ler. Você conhece novas séries literárias e se descobre", acrescenta.
            Samara Reis, 18, relata que o hábito de ler sempre a ajudou no combate à solidão. "Sou filha única e não tenho primos. Me entreguei ao universo literário. Lia por horas e, na busca de novas obras, acabei me encaixando no clube de leitura da escola. Lá eu era gratificada por cada obra concluída, criei vários amigos, melhorei minhas notas e tinha com quem interagir", declara.
            Essa característica é confirmada pela psicopedagoga Andréa Cassese. Segundo ela, a leitura auxilia na descoberta de novas palavras, ideias e expressões: "Ela corrige conceitos pré-determinados que ajudam o leitor a viajar por ambientes vastos, melhorando o aprendizado e as relações interpessoais".
            Adriana Sousa, 40, confessa que fazia parte dos não leitores: “Quando criança não era incentivada a ler. Achava perda de tempo e tedioso. Meu pensamento só mudou por causa da minha filha”. Ela comenta que no início se irritava com a insistência, até que decidiu ler um dos romances indicados por ela: “Assim que terminei, comecei a procurar outros. Hoje sou voraz, tem mês que leio de oito a nove volumes”. 
            Uma das maneiras de conquistar novos adeptos são as políticas públicas. Criado pelo Ministério da Cultura em parceria com a Fundação Biblioteca Nacional, o Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler) busca a valorização e a democratização da leitura e da escrita e pretende capacitar oito mil novos mediadores, que atuam como interlocutores entre a obra e os futuro leitores. Presente em todo o país desde 1992, ele funciona a partir de comitês organizados e distribuídos pelas regiões brasileiras. Outro meio que busca propagar o hábito é o Instituto Brasil Leitor (IBL). 
Outro lado
            A psicóloga Suzanna Campello explica que, apesar dos benefícios, a leitura pode causar problemas: “Já atendi pacientes que desenvolveram problemas de personalidade causados por vícios literários. Eles se comportavam como personagens, não sabiam diferenciar a realidade da ficção”. Ela relata que essa obsessão pode levar algumas pessoas a se isolarem e até mesmo entrarem em depressão por se decepcionarem com a realidade. 


            Sofia Rocha, 17, relata que já ficou tão obcecada com uma obra que não conseguia desvincular o imaginário do real: “Foi na época em que li Crepúsculo. Eu era a Bella”.  A mãe de Sofia, Sônia Rocha, explica que teve de levar a filha para fazer tratamento. “Ela não saia no sol, pintava o cabelo e usava roupas como o da personagem e não se relacionava com ninguém. Literalmente seguia os passos do livro. Ficou mais tímida e até chegou a começar a entrar em depressão. Foi um pesadelo”, ressalta.
            Suzanna Campello lembra que em fases como a infância e adolescência é muito importante que os pais controlem o que os filhos estão lendo e como estão interpretando. “Algumas pessoas são muito influenciáveis. É preciso ter cuidado com obras incentivam a identificação com personagens ou conflitos psicológicos.”, explica a psicóloga. Contudo, a especialista frisa a importância do hábito literário: “Mesmo com esses problemas a prática ainda é maravilhosa, o leitor aprende muito e pode tirar lições para vida.” Suzanna ainda destaca que já indicou obras para auxiliar no tratamento de pacientes com transtornos ou depressão. 
Clube de Leitura do DF
            A ideia surgiu com o fim de um fã clube, em 2010. Diego Baptista, 22, criou o grupo em julho de 2011 para continuar a disseminar as práticas literárias originadas com a série Harry Potter. Hoje, o clube está nas redes sociais, tem site próprio e realiza dois encontros mensais, para debater os mais diversos livros. "Incentivo a leitura e me considero um privilegiado", relata. 
            Atualmente o grupo conta com mais de três mil membros no Facebook. No site, é possível ler resenhas de algumas obras, conferir notícias, comprar camisetas dos eventos e até mesmo trocar livros com outros participantes. Para se associar, basta fazer parte da comunidade ou comparecer em algum evento. Quinzenalmente acontecem os encontros práticos onde os integrantes vivenciam parte da história de uma obra, como a simulação dos Jogos Vorazes ou mesmo o jogo de Quadribol, esporte praticado pelos personagens da série Harry Potter. No início ou final de cada mês acontecem encontros presenciais, realizados no auditório da Livraria Cultura, do Casa Park.


Fonte da matéria: Minha matéria para o jornal Laboratório da Universidade Católica de Brasília, Artefato (4ª edição do 1º/2013)

8.11.13

Resenha – A Luneta Âmbar

Nenhum comentário:
            Terceiro livro da trilogia Fronteiras do Universo, de Phillip Pullman, A Luneta Âmbar tem seu início exatamente aonde o seu anterior, A Faca Sutil, nos deixou: Lyra Belacqua foi sequestrada, e seu amigo Will Parry está determinado a encontrá-la. Ao mesmo tempo, outros grupos oponentes também estão tentando agarrar essas duas crianças. Um deles é a Igreja, que pretende matar a menina antes que ela cumpra a profecia prevista pelas bruxas nos dois volumes anteriores.    
            Enquanto isso, a Dra. Mary Malone se encontra em um mundo completamente novo, e é levada a aprender e conviver com os seres que ali habitam, pois seu “I Ching” lhe diz que essa é a maneira que irá cumprir seu papel no desvendar do mistério do Pó, ajudando assim, os dois jovens protagonistas. O que Lyra e Will não esperavam é que essa jornada os levaria a descobrir mundos estranhos, como o distante mundo dos mortos, e verdades sobre eles mesmos e os mistérios de crescer.
            Com uma linguagem fácil e acessível a todas as idades, Pullman explora, entre outros temas, as dificuldades e descobertas da passagem da infância à adolescência, de uma maneira simples e com uma escrita que prende o leitor do início ao fim da narrativa.

Autor: Phillip Pullman
Editora: Objetiva

Por: Julia Morales

7.11.13

Criatividade na hora de guardar seus livros.

Nenhum comentário:
Boa tarde leitores, como vão?
Sabe aquele momento em que sua pilha de livros só vai crescendo e você já não sabe onde e nem como vai armazenar tantos livros? Pois bem, esse é um problema enfrentado por muitos e aqui vão algumas dicas criativas de como e onde montar suas novas estantes para guardar seus preciosos.


Uma maneira criativa de montar uma estante, talvez não a mais prática para a retirada deles porém ficou bem legal, concordam?


Tomar um belo banho enquanto lê um bom livro, que tal? Só que é melhor tomar cuidado redobrado para não acontecer nenhum acidente. 


Um pouco de criatividade e pronto, uma estante totalmente diferente.


Essa é para aqueles que não tem tanto espaço e precisam aproveitar. A estante sob a escada, bem legal não?


Dois em um ótimo, não?


Bom, essas são apenas algumas dicas para quem inovar na hora de armazenar seus preciosos livros ;)




6.11.13

Resenha - Diários de Stefan - Origens

Nenhum comentário:
               A trama se passa em 1864 na cidade de Mystic Fall’s. Com um casamento arranjado e preparando-se para assumir os negócios da família, Stefan não imaginava que sua vida pudesse ser diferente daquela planejada por seu pai, porém não poderia estar mais enganado.
                Quando Katherine chega a cidade Stefan fica imediatamente encantado e apaixonado pela bela garota de sorriso encantador. Ela fica hospedada na casa de seu pai e sua companhia muda totalmente a cabeça de Stefan, até que seu irmão Damon retorna à cidade.
                Os irmãos Salvatore, Stefan e Damon, sempre tiveram um bom relacionamento. Damon sempre fora o irmão rebelde e irresponsável e Stefan o braço direito de seu pai, porém os dois sempre foram unidos, pelo menos até a garota separa-los.
                Katherine, em um jogo de sedução, consegue deixar os dois irmãos a seus pés, ambos estão apaixonados por ela e se odiando. A garota faz com que os dois, separadamente, acreditem que são os escolhidos, quando isso acontece ela revela o seu grande segredo mostrando-lhes sua verdadeira face e faz com que eles se transformem no que ela é.
                Enquanto o triangulo amoroso entre Katherine e os irmãos Salvatore se desenrola, diversos ataques de animais acontecem por toda a cidade, o que deixa os moradores temerosos.
                O livro é baseado na adaptação televisiva das obras de L.J. Smith e apesar de não ter sido escrito pela mesma autora podemos notar muitas semelhanças entre as descrições dos fatos. É uma leitura essencial para os fãs da série, o livro apresenta de forma completa o que os irmãos Salvatore passaram na mão de Katherine, além de sua transformação em vampiros, o que ajuda a entender algumas coisas que acontecem na série em relação a essa época da vida deles.  


3.11.13

Resenha - A Fera

Nenhum comentário:
            Kyle Kingson é um garoto bonito e inteligente, porém sua riqueza e sua beleza o tornaram prepotente e mimado. Com o mundo da escola aos seus pés, Kyle acha que tem a vida perfeita até que se depara com Kendra, uma garota que ele considera definitivamente fora dos seus padrões de beleza. Prestes a ser eleito príncipe da escola e para coroar sua noite de eleição ele resolve humilha-la. Pobre Kyle, mal sabe que chamar Kendra de bruxa não é apenas uma ofensa. É uma realidade.

            Nessa altura, o leitor já está ambientado numa versão moderna e atual do clássico “A Bela e a Fera” que se passa em Nova York, cidade onde tudo é possível. Amaldiçoado por Kendra, Kyle terá que descobrir o amor verdadeiro ao encontrar uma garota que veja toda a beleza que existe por trás da sua nova aparência de fera. Kyle acredita que isso será impossível já que ao investigar a vida dos seus antigos amigos percebe que nunca teve amigos de fato e que amar uma pessoa tão cruel como ele se considera será impossível.

            Jogado no Brooklyn para se esconder do mundo é obrigado a conviver apenas com Magda (sua empregada) e Will (seu tutor e seu professor). Forçado a conviver com pessoas que antes eles desprezaria, Kyle aprende a conhecer novos valores para sua vida e através dessa nova amizade e com livros, ele passa a ser uma pessoa melhor e a respeitar os outros. Mas já se acostumando com a ideia de ser uma fera para sempre, Kyle tem a oportunidade de virar humano quando Kendra o relembra de que antes dele virar uma fera ele fez um ato de bondade: deu uma rosa branca a uma garota. Agarrado a essa esperança, Kyle fará de tudo pra conseguir o amor dessa garota. Mesmo que pra isso ele tenha que trancá-la no mesmo apartamento que ele e impedi-la de sair. Afinal de contas, toda Fera precisa de uma Bela.

Autor: Alex Flinn
Editora: Galera 

Por: Márcia Thiara

1.11.13

Personagens de Em Chamas ganham Bonecos

Nenhum comentário:
                Como muitos já sabem Katniss, a estrela de Hunger Games, já possui uma boneca Barbie inspirada em seu visual no primeiro filme da franquia, Jogos Vorazes, lançada pela Mattel. 
                Para euforia dos fãs e colecionadores teremos mais uma leva de bonecos baseados na trilogia Hunger Games, ainda não foram liberadas fotos oficiais mas o que tudo indica é que os bonecos estarão com o uniforme da Arena e provavelmente veremos Katniss com seu arco e Finnick com seu tridente.
                Os bonecos da primeira leva, que serão inspirados nos personagens Katniss, Finnick e Peeta, chegam as lojas em novembro de 2013. 
               Lembrando que essa é apenas a primeira leva de bonecos, para uma segunda é possível que tenhamos Enobaria, Johanna ou até mesmo Katniss, Finnick e Peeta em outros trajes.
                Após o sucesso do primeiro filme, a sequencia Em Chamas chegará aos cinemas no dia 15 de novembro de 2013 e algumas fotos promocionais dos atores já foram publicadas, diante dessas fotos podemos começar a imaginar como os bonecos serão. E será que teremos Katniss e Peeta vestidos de noivos em uma próxima leva? Vamos aguardar por mais informações.

570-CF_Figure_Assortmen_25012_zps9a4b6fba